ISSN 1806-9290
Revista Brasileira de Zootecnia

 

2-year Impact Factor: 0.321 2013 JCR®, Thomson Reuters

 - Ranking: 40 out of 51 Category: Agriculture, Dairy and Animal Science

 - Ranking: 103 out of 129 Category: Veterinary Sciences

 - 5-year Impact Factor: 0.551

 

SCIMAGO

SCImago Journal & Country Rank

Revista Brasileira de Zootecnia - Article Details

Journal: 2000-2   Page(s): 357-364   Language: pt   View complete article

Authors: João Restle, Cledson Roso, Andre Brugnara Soares, Gelci Carlos Lupatini, Dari Celestino Alves Filho, Ivan Luiz Brondani.

Title: Produtividade Animal e Retorno Econômico em Pastagem de Aveia Preta mais Azevém Adubada com Fontes de Nitrogênio em Cobertura

Abstract: O objetivo deste experimento foi avaliar a produtividade animal e o retorno econômico do uso de uréia ou sulfato de amônio em adubação de cobertura em pastagem de aveia preta (Avena strigosa Schreb) mais azevém (Lolium multiflorum Lam). A pastagem foi implantada em 21/04/94, com período de pastejo de 05/06 a 06/11/94. O método de pastejo foi o contínuo, com lotação variável. Bezerras de corte com idade média de 10 meses foram usadas. A dose de nitrogênio usada foi de 200 kg/ha, parcelada em três aplicações. A fonte de nitrogênio não influenciou o ganho de peso médio diário, que foi de 0,579 e 0,615 kg; a carga animal, que foi de 873 e 842 kg de peso vivo/ha; e o ganho de peso vivo/ha, que foi de 428 e 453 kg/ha, para uréia e sulfato de amônio, respectivamente. A adubação nitrogenada representou 34,10 e 47,56% do custo total da pastagem, quando foram usados uréia e sulfato de amônio, respectivamente. A receita bruta foi de R$/ha 341,40 e 362,50 e a receita líquida, R$/ha 54,60 e 2,10, para uréia e sulfato de amônio, respectivamente. Como não ocorreu diferença no ganho de peso vivo/ha, a decisão de usar uréia ou sulfato de amônio para adubação em cobertura de pastagem de inverno deve basear-se no preço por kg de nitrogênio.

Key words: custo, desempenho animal, pastagem cultivada, pastejo, receita bruta, receita líquida, sulfato de amônio, uréia

Title: Animal Productivity and Economic Return in Oat plus Ryegrass Pasture Fertilized with Sources of Nitrogen

Abstract: The objective of this experiment was to evaluate the animal productivity and economic return of the use of urea or ammonium sulfate for fertilization of oat (Avena strigosa Schreb) plus ryegrass (Lolium multiflorum Lam.) pasture. The pasture was established on 04/21/94 and the grazing period occured from 06/05 to 11/06/94. The continuous grazing method with variable stocking rate was used. The animals used were beef heifers, with 10 months of age. The amount of nitrogen used was 200 kg/ha, subdivided in three applications. The source of nitrogen did not significantly affect the average daily gain, .579 and .615 kg, the stocking rate, 873 and 842 kg of live weight/ha and the live weight gain/ha, 428 and 453 kg/ha, for urea and ammonium sulfate, respectively. Nitrogen fertilization represented 34.10 and 47.56% of the total cost of the pasture, when urea and ammonium sulfate were used, respectively. The gross income was of U$ 299.50 and 318.00/ha and the net income was of U$ 47.90 and 1.90/ha, for urea and ammonium sulfate, respectively. Since no significant difference occurred in live weight gain/ha, the decision of using urea or ammonium sulfate for fertilization of annual winter pasture should be based on the price per kg of nitrogen.

Key Words: ammonium sulfate, animal performance, cost, cultived pasture, gross income, grazing, net income, urea



 
X