ISSN 1806-9290
Revista Brasileira de Zootecnia

 

Fator de impacto: 0,702 © 2010 JCR®, Thomson Reuters

 - Classificação: 27ª das 55 revistas na categoria Agriculture, Dairy and Animal Science

 - Classificação: 76ª das 145 em Veterinary Sciences

 - Fator de impacto da RBZ nos 5 anos: 0,853

 

SCIMAGO

SCImago Journal & Country Rank

Detalhes do artigo

Revista: 2010-7 Página(s): 1471-1476 Idioma: pt Visualizar artigo completo

Autores: Jose Lindenberg Rocha Sarmento, Edgard Cavalcanti Pimenta Filho, Urbano Gomes Pinto de Abreu, Maria Norma Ribeiro, José Ernandes Rufino de Sousa

Título: Prolificidade de caprinos mestiços leiteiros no semiárido nordestino

Resumo: Utilizaram-se 526 registros de parições de cabras mestiças com o objetivo de avaliar a influência de alguns efeitos de ambiente sobre a prolificidade. As análises estatísticas foram realizadas por meio de modelos lineares generalizados, empregando-se a função de distribuição binomial e a função de ligação logística. As probabilidades de ocorrência de partos múltiplos foram calculadas por meio de um modelo que incluiu os efeitos de ano e mês de cobertura, ordem de parto, idade ao primeiro parto, peso à cobertura, produção de leite, duração da lactação e intervalo de partos. A prolificidade média do rebanho foi de 1,49 cabrito. Os efeitos de mês de cobertura, ordem de parto, peso na cobertura, idade ao primeiro parto e intervalo de partos foram significativos. As chances de partos múltiplos tenderam a aumentar com o avanço da idade da fêmea (ordem) e do peso à cobrição. Fêmeas cobertas no período de disponibilidade de alimentos apresentaram maior probabilidade de partos múltiplos. A idade ao primeiro parto foi outra variável importante, pois fêmeas com maior idade apresentaram maior probabilidade de partos múltiplos. As fêmeas com maior intervalo de parto tenderam a apresentar maiores probabilidades de parir mais de uma cria. A prolificidade de caprinos mestiços é altamente afetada pela variação de ambiente, maturidade fisiológica, condição corporal e idade de início da vida reprodutiva.

Palavras-chave: efeitos de ambiente, eficiência reprodutiva, modelos lineares generalizados, ordem de parto, peso à cobertura

Title: Litter size of crossbreed dairy goats in the northeastern semi-arid

Abstract: The aim of this study was to evaluate the influence of some environmental effects on the litter size, using 526 records of kidding of dairy crossbreed goats. The statistical analyses were carried out through generalized linear models, using a binomial distribution function and the logistic link function. The probabilities of occurrence of multiple kidding were calculated by a model that included the effects of year and month of mating, order of kidding, age at first kidding, weight at mating, milk yield, lactation length, and kidding interval. The average litter size of the herd was 1.49 kids. The effects of month of mating, order of kidding, weight at mating, age at first kidding, and kidding interval were significant. Chances of multiple kiddings tended to increase with the age of dam (order) and weight at mating. Females mated during food availability period presented larger probabilities of multiple births. The age at first kidding was another important variable because females with higher age presented higher probability of multiple kiddings. Females with larger kidding intervals tended to present higher probabilities of kidding more than one kid. The litter size of crossbreed goats is highly affected by environmental changes, physiologic maturity (age), body condition and age at beginning of the reproductive life.

Key Words: environment effects, generalized linear models, mating weight, order of kidding, reproductive efficiency

 
X